Terça, 21 de Novembro de 2017

Traficante preso com carregamento de maconha na região de fronteira

17 MAR 2010Por 07h:27
Cássio Igreja, de 32 anos, foi preso com carregamento de maconha, ontem, em uma barreira montada pelos agentes do Departamento de Operações de Fronteira (DOF) na MS-289, na região da fronteira. Na mesma região, porém, em outra rodovia estadual, a MS-164, os policiais também apreenderam um veícu lo abandonado com 37 tabletes de maconha. Na BR-463, uma mulher foi presa com 30 gramas de cocaína. Segundo informações do DOF, durante fiscalização por volta das 8h de ontem, na MS- 289, foram apreendidos 73 tabletes de maconha que estavam escondidos no assoalho e laterais do veículo Fiat Uno, placa GTS-7079, de São Paulo- SP. O automóvel era conduzido por Cássio Igreja. Os tabletes pesaram 106 quilos. O traficante disse que recebeu a droga em Coronel Sapucaia, na divisa com Capitán Bado, no Paraguai, e que a levaria para São José do Rio Preto, interior paulista. O acusado, que já tinha cumprido pena por tráfico de drogas na cidade de Araraquara (SP), foi autuado mais uma vez pelo mesmo tipo de crime na delegacia de Polícia Civil de Amambai. Enquanto isso, na MS-164, por volta das 16h de segundafeira, agentes do Departamento de Operações de Fronteira apreenderam o Fiat Uno de placa KLO-8146 abandonado pelo condutor ao avistar a barreira policial. No interior do veículo foram localizados dois sacos contendo maconha, totalizando 37,9 kg da droga oriunda do Paraguai. Os policiais vasculharam as imediações, mas o ocupante do Uno conseguiu fugir. O entorpecente foi entregue na delegacia de Polícia Federal de Ponta Porã. Também em Ponta Porã foi autuada em flagrante a dona de casa A.L.M., de 30 anos. Ela foi flagrada com duas pequenas embalagens contendo cocaína e que estavam acondicionadas nas mangas da sua blusa. Ele foi detida pelos agentes do DOF por volta das 21h30min de segunda-feira, durante barreira na BR-463, na região de fronteira com o Paraguai. A acusada disse que pegou a droga de um desconhecido na rodoviária de Pedro Juan Caballero e que a entregaria na cidade de Dourados. Ela foi autuada na delegacia de Polícia Federal de Ponta Porã.

Leia Também