Sexta, 17 de Novembro de 2017

Termômetros explodem no sul do Estado

4 FEV 2010Por NATHÁLIA CORRÊA E EDUARDO MIRANDA23h:16
O município de Itaquiraí, no sul do Estado, registrou, ontem, a maior temperatura do País. Conforme o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), quem estava na cidade teve de enfrentar o calor de 43,7 graus, quase cinco graus a mais do que os 38,8 registrados em Porto Alegre, segunda colocada no ranking. Mas, ainda conforme o Instituto, hoje a previsão é de que o calor diminua. A temperatura em Itaquiraí deve oscilar entre os 33 e 21 graus, com a possibilidade de chuvas e trovoada a partir do final da tarde. Em Campo Grande o cenário não foi muito diferente do município recordista. Os registros do Inmet foram de 34,4 graus ontem à tarde. E para fugir do calor, algumas crianças e adolescentes do Bairro São Conrado, na região oeste, recorreram às águas do Rio Buriti para se refrescar. “Nesta época do ano a gente vem aqui quase todo dia”, disse o estudante Mike Oliveira de Jesus, 15 anos. Ele e mais seis colegas disseram não temer eventuais impurezas na água debaixo de um sol tão forte. “Está muito quente, e além do mais, aqui onde tomamos banho a água é limpa porque vem de dentro da Base Aérea”, completou o garoto. O calor pôde ser sentido em toda a extensão do Estado. Ao oeste, em Porto Murtinho, a temperatura atingiu os 37,1 graus; a leste, a máxima chegou aos 36 graus. Para estes municípios a previsão é de que, hoje, a temperatura continue elevada, registrando 36 e 35 graus, respectivamente. Chuvas A partir da semana que vem, de acordo com informações do site Tempo Agora – http://tempoagora.uol.com. br/ – a previsão é de que as chuvas voltem. Em Itaquiraí elas devem atingir os 13 milímetros. Na Capital o nível das chuvas pode chegar aos 15 milímetros e no município de Coxim, com situação de emergência decretada em decorrência das chuvas do final do ano passado, 23 milímetros.

Leia Também