Sexta, 24 de Novembro de 2017

TEMPO

Temporal mata 8 pessoas em SP e bloqueia marginais

22 JAN 2010Por SÃO PAULO07h:59
O forte temporal que atingiu a cidade de São Paulo na madrugada de ontem assustou os moradores, causou oito mortes, bloqueou as duas marginais e transbordou o Rio Tietê, além de mais cinco córregos. Por causa de pontos de alagamentos, as marginais Tietê e Pinheiros chegaram a ficar totalmente paradas no início da manhã, mas foram liberadas no início da tarde. Às 10h50min, quando o rio voltou para o leito, a Marginal Tietê saiu do estado de alerta, segundo o Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE), e as demais regiões da cidade permaneciam em observação. Os bairros do Butantã, Campo Limpo, Ipiranga e Aricanduva também chegaram a ficar alertas durante a madrugada. Desabamentos provocados por deslizamentos de terra mataram oito pessoas, três na vila Anglo-Brasileira, uma na Lapa e quatro no ABC paulista. Ainda de acordo com o balanço da Defesa Civil, 25 municípios estão em emergência e dois decretaram calamidade pública no Estado, devido às chuvas que assolam a região. O balanço aponta também que 123 cidades foram atingidas de alguma forma e 35 pessoas ficaram feridas. No total, 8.421 pessoas ficaram desabrigadas e 17.377, desalojadas. Com a morte de oito pessoas na madrugada e manhã de ontem, subiu para 58 o número de mortos em consequências das chuvas no Estado desde o dia 1º de dezembro. O período registra a média de mais de uma morte por dia.

Leia Também