Terça, 21 de Novembro de 2017

FRUTA RUBRA

Temporada de morangos

1 OUT 2010Por 08h:51

CRISTINA MEDEIROS

Ao sair de casa, é comum encontrar um vendedor que, desde bem cedo, arruma em caminhões espalhados pela cidade inúmeras caixas de morango, assim como os supermercados, que nesta época aplicam preço atrativo às porções da mesma fruta, abundante de julho a setembro.
Esta imensidão rubra é originária da Europa e típica de países frios, pertence à mesma família das rosáceas, assim como a pera, cereja e maçã. No Brasil, as plantações de morangueiros são encontradas entre o sul de Minas Gerais até o norte do Rio Grande do Sul, com focos principais nas cidades paulistas de Atibaia, Jundiaí e Piedade.
Esse fruto carnoso e suculento, apreciado principalmente pelas mulheres, é levemente ácido e contém várias substâncias essenciais para o organismo. É o caso do potássio, do sódio e do cloro, responsáveis pelo metabolismo e pela musculatura cardíaca; é rico em vitamina C, ajudando a prevenir gripes e auxiliando na cicatrização de feridas; além de ter vitamina B5, evitando problemas de pele, aparelho digestivo e sistema nervoso. Quem tem diabetes não precisa se preocupar. Alias, só tem a comemorar. A fruta tem o poder de reduzir o colesterol e retardar a absorção de glicose.
A delícia combina com diversas receitas mas, para que fiquem boas, é preciso saber escolher os morangos. A nutricionista Fernanda D’Angelo  explica que os morangos devem estar bem vermelhos, com os talos bem verdes, sem manchas ou partes moles. “Quem gosta da fruta ganha benefícios em dobro, pois, além de saborosa, ela é muito saudável”. Fernanda explica que ele é  fonte de vitamina C, ajuda no combate a infecções, fortalece os ossos e dentes, ajuda na cicatrização e também na produção de colágeno.
“Além disso, o morango também apresenta pectina e fibras solúveis que auxiliam na redução do colesterol e evitam a prisão de ventre.
Por ter a coloração vermelha, a fruta entra no grupo de alimentos funcionais que contêm antocianina, substância antioxidante que auxilia na prevenção de doenças relacionadas à baixa imunidade, ao câncer e a problemas cardíacos”.
Por ser consumido in natura, na maioria dos casos, mantém o sabor mais puro e marcante. Para conservá-los, deixe em geladeira por, no máximo, três dias.
Na hora de comprar o morango, escolha a caixinha que estiver aberta, para que seja possível verificar as frutas que estão por baixo. Alguns vendedores colocam os morangos mais bonitos em cima e os amassados e machucados por baixo.

 

Leia Também