Segunda, 20 de Novembro de 2017

Temporada da Fórmula 1 esquenta na Malásia

3 ABR 2010Por 23h:54
Kuala Lampur, Malásia

Depois de uma etapa de abertura monótona no Bahrein, as emoções retornaram com força à Fórmula 1 no Grande Prêmio da Austrália. Com uma pequena ajuda da chuva, a etapa de Melbourne foi imprevisível, uma das melhores dos últimos anos, com disputas por posições e ultrapassagens. A expectativa é de que as emoções da corrida passada se repitam na madrugada deste domingo, às 4h (MS), na Malásia.

A segunda etapa na Austrália mostrou que a temporada será de disputa intensa, com a McLaren, vencedora com Jenson Button, entrando na briga por vitórias com Red Bull e Ferrari. A escuderia italiana manteve a liderança no Campeonato, com Fernando Alonso à frente de Felipe Massa (37 pontos contra 33), mas o atual campeão já aparece em terceiro, com 31 pontos.
Sepang tem tudo para ser mais uma corrida movimentada. A instabilidade do tempo na Malásia deixa em aberto a possibilidade de chuvas e o calor coloca carros e pilotos sob severas condições.

Para a Ferrari, a etapa apresenta outro desafio: o aquecimento dos motores. No Bahrein, tanto Massa como Alonso trocaram motores devido às altas temperaturas e à deficiência de refrigeração. No final daquela prova, Massa teve de reduzir o ritmo por causa do problema. Para Sepang, a equipe preparou modificações para melhorar o fluxo de ar para os motores e evitar o superaquecimento.

A Red Bull cravou a pole nas duas primeiras etapas, e Sebastian Vettel parecia a aposta certa para ocupar o lugar mais alto do pódio, mas nas duas ocasiões, problemas com o carro impediram a vitória. Na primeira foi uma vela de ignição defeituosa que fez o carro perder potência, na segunda, uma falha nos freios provocou uma saída de pista e o consequente abandono.

Completando o G4, a Mercedes ainda corre atrás das demais, e a McLaren, de Button e Lewis Hamilton, está consciente de que a corrida será difícil. “Sabemos que as características de Sepang não são tão favoráveis ao nosso carro como outras pistas”, disse Jenson Button.

Leia Também