Sexta, 24 de Novembro de 2017

Temporada da F-1 volta com disputa acirrada

27 AGO 2010Por 18h:58
Spa, Bélgica

A luta pelo título da temporada 2010 da Fórmula 1 não poderia estar mais equilibrada no fim da fase europeia e a seis do encerramento do Mundial. Com apenas 20 pontos – menos que o que se ganha com uma vitória – separando os cinco primeiros colocados, o Grande Prêmio da Bélgica, que acontece neste fim de semana, após pausa de 26 dias no calendário da categoria, promete colocar ainda mais fogo na disputa.
Na corrida passada, na Hungria, o australiano Mark Webber, da Red Bull, foi à liderança com 161 pontos ganhos, depois de tornar-se o único piloto a vencer quatro vezes neste ano. Ele é perseguido por Lewis Hamilton, da MacLaren, que tem 151; por seu companheiro de Red Bull, Sebastian Vettel, também com 151; por Jenson Button, da McLaren (147); e por Fernando Alonso, da Ferrari (141).
Os carros da Red Bull e Ferrari, por conta do bom nível aerodinâmico, são os favoritos para a corrida na Bélgica, cujos treinos livres começam hoje. “Espero ir bem aqui também. Eu sei que meu time está pronto”, disse o líder do Mundial de Pilotos, Mark Webber.
Após a pausa para as “férias de verão” da Fórmula 1, Lewis Hamilton, da McLaren, disse estar ansioso para pilotar novamente. “Nesta pausa conseguimos melhorar o carro para o restante da temporada, principalmente nos freios, que era um de nossos pontos fracos. Não vejo a hora de voltar a brigar pelo título”, disse o inglês da McLaren.

Brasileiros
Entre os pilotos brasileiros, a corrida será festiva para Rubens Barrichello, da Williams. Ele comemora seu Grande Prêmio de número 300 na categoria.
Felipe Massa, da Ferrari, por outro lado, não esconde a frustração. “Não, eu não alcancei os objetivos que eu tracei para mim no começo da temporada”, disse o brasileiro, na entrevista coletiva da Ferrari na Bélgica. “Só poderia dizer isso se estivesse na liderança”, completou.
Sexto colocado no Mundial de Pilotos, Massa está a 44 pontos do companheiro Fernando Alonso, em quinto lugar, e suas chances de alcançar a liderança do campeonato são remotas.
O treino de classificação para o GP da Bélgica acontece amanhã, às 8h (MS), e a corrida, no domingo, no mesmo horário.

Leia Também