Quarta, 22 de Novembro de 2017

Tempestade mata 131 na América Central

1 JUN 2010Por 06h:41
AGÊNCIA ESTADO, CIDADE DE GUATEMALA

Guatemala, Honduras e El Salvador enfrentaram dura crise, no domingo, por causa dos estragos causados pela tempestade tropical Agatha, que deixou pelo menos 131 mortos nesses países. Dezenas de pessoas estão desaparecidas e milhares perderam suas casas, enquanto equipes de resgate lutam para chegar a comunidades isoladas.

As três nações declararam estado de emergência, para mobilizar recursos mais rapidamente nas tarefas de resgate e reconstrução, por causa das chuvas torrenciais iniciadas na noite de sexta-feira.

Na Guatemala, há 108 mortes confirmadas pelas chuvas, segundo um porta-voz da Coordenação Nacional para a Redução de Desastres (Conred). Segundo ele, há 53 pessoas desaparecidas e outras 111.964 foram retiradas de suas casas por causa das chuvas.
O presidente de El Salvador, Mauricio Funes, disse que há nove mortes confirmadas pelas chuvas em seu país. Pelo menos 140 deslizamentos de terra foram registrados e 11 mil pessoas foram evacuadas.

O número de mortos em Honduras subiu para 14 e há pelos menos nove desaparecidos. O presidente Porfirio Lobo declarou no domingo emergência nacional. Em Honduras, 2.256 pessoas foram retiradas de suas casas, e também 2 mil casas e 52 estradas ficaram danificadas.

Leia Também