Quarta, 22 de Novembro de 2017

Supermercados esperam alta de 20% nas vendas com o carnaval

10 FEV 2010Por 22h:48
A antecipação das comemorações do Carnaval neste ano, para a primeira quinzena de fevereiro, deixou otimista o setor supermercadista de Mato Grosso do Sul, que espera um incremento nas vendas 20% superior a semanas comuns. Isso porque as festas, que começam na sexta-feira (12) e terminam na quarta-feira de Cinzas (17), vão pegar os consumidores em plena época de recebimento dos salários. “Com dinheiro no bolso, as vendas com certeza serão mais aquecidas”, afirmou Adeilton Feliciano do Prado, vice-presidente da Associação Sul-mato-grossense de Supermercados (Amas), lembrando que a maioria dos trabalhadores recebe entre o dia cinco e 10 de cada mês. Em anos anteriores, o Carnaval foi comemorado nas últimas semanas do fevereiro. Em 2009, a data caiu no dia 24, por exemplo – o que desfavoreceu o comércio varejista, já que poucos são os consumidores dispostos a gastar no final do mês. O acréscimo esperado para este ano, de 20% no consumo, está, de acordo com os supermercadistas, basicamente ligado ao setor de bebidas. “Devemos ter uma movimentação um pouco maior na venda de carnes também, já que, com o calor, muitos vão querer fazer churrasco. Mas a cerveja deve ser ainda o carro-chefe do consumo neste feriado”, avalia Prado. Segundo ele, os preços do produto não devem subir, apenas o vinho terá uma redução nos valores estimada em 10%, por questões mercadológicas. Estoques Conforme a Amas, os 350 supermercados associados no Estado, dos quais cerca de 130 estão na Capital, já se preparam para atender a demanda carnavalesca por bebidas. A rede Comper, de Campo Grande, por exemplo, aumentou em 40% os estoques de cervejas, refrigerantes, destilados, isotônicos, energéticos e água mineral para a folia. A expectativa da empresa é ainda mais otimista que a da Amas. Ela espera um acréscimo em torno de 25% nas vendas e, segundo Rodrigo Costa, gerente regional do Comper, isso tem justificativa. “Faremos ações para atrair os clientes já no estacionamento, com exposição de bebidas, ofertas e promoções dentro das lojas”, disse. (AM)

Leia Também