Sexta, 24 de Novembro de 2017

Supermercados de MS devem ampliar vendas em 10%

26 FEV 2010Por 06h:27
Puxadas principalmente pela recuperação da economia e ainda pelas comemorações da Copa do Mundo (que devem movimentar o comércio de carnes, bebidas e produtos personalizados), as vendas dos supermercados de Mato Grosso do Sul poderão crescer cerca de 10% neste ano. A estimativa da Associação Sul-Mato- Grossense de Supermercados acompanha os números do setor no cenário nacional, que prevê acréscimo de 8% a 10% na comercialização. A perspectiva tem deixado os supermercadistas do Estado otimistas, já que isso pode indicar, enfim, o final da crise. Segundo o presidente da associação, Acelino de Souza Cristaldo, o aquecimento das vendas é motivado não só pela recuperação de vários setores que são o alicerce da economia, mas também por conta de comemorações como a Copa do Mundo. Na época dos jogos, a procura por produtos personalizados e souvenirs é grande, assim como a de carnes e bebidas – principais ingredientes dos churrascos que são feitos pela maioria dos que reúnem a família e os amigos em frente às transmissões da TV. “Os feriados também aquecem as vendas, principalmente quando são no início do mês e os trabalhadores estão com seus salários no bolso”, explica Cristaldo. E para deixar o setor ainda mais otimista, em 2010, pelo menos sete feriados cairão em datas antes do dia 15 – limite em que os empregados recebem seus vencimentos. No supermercado Pague Pouco, da Rede Econômica, em Campo Grande, só as comemorações do carnaval – entre os dias 12 e 17 de fevereiro – renderam vendas cerca de 15% superiores a finais de semana convencionais. De acordo com o gerente, Carlos de Souza Neto, a procura maior foi justamente por produtos para o famoso churrasquinho. “Agora teremos a Páscoa, um feriado que deve aumentar as vendas de chocolates e peixes”. Para o ano, o gerente estima crescimento médio de 15%, volume 5% superior ao estadual. A favor dele, além do cenário positivo nacional e regional, está a região onde a loja é localizada, no Bairro Vida Nova. “Estamos longe do centro, então é mais prático para os moradores comprarem aqui, o que contribui para que tenhamos vendas

Leia Também