Terça, 21 de Novembro de 2017

"Soluços" e respostas mais lentas

2 ABR 2010Por 20h:26

Ao sentar no Palio Adventure Locker Dualogic a vontade é testar justamente as duas últimas palavras de seu nome. Que não chegam a ser novidade, já que o dispositivo que ajuda o carro em situações extremas – o Locker – já existia no modelo e o câmbio automatizado também faz parte da realidade do Stilo, Linea e Palio. O Dualogic facilitou a vida dos motoristas, é verdade, mas não é unanimidade. Desenvolvido com tecnologia Magneti Marelli, o câmbio oferece respostas mais lentas e apresenta "soluços" no modo Drive, principalmente nas marchas reduzidas. Algo comum aos câmbios automatizados, e que pode ser resolvido com a troca de marchas manual.

O desempenho do motor 1.8 é bom, com acelerações potentes e boas retomadas. O propulsor é um dos pontos altos do carro, sendo capaz de desenvolver 114 cv com etanol e tendo torque máximo de 18,5 kgfm, já disponíveis em 2.800 giros. Pisando fundo, o modelo conseguiu alcançar 165 km/h, sendo que a partir de 150 km/h há uma sensação de flutuação. Nas curvas em alta velocidade, o carro torce um pouco e há uma leve perda da dianteira, mas sua suspensão bem acertada auxilia na manutenção do trajeto. Em freadas bruscas, o Adventure mostrou-se eficiente, sem levantar muito a traseira – a versão testada tinha o opcional ABS. A dirigibilidade é boa, a postura do motorista é alta e o ângulo de visão frontal é expandido, diferentemente do traseiro e lateral, onde a visão é limitada. Para compensar, o veículo testado contava com um útil sensor de proximidade para manobras.

Os bancos do Adventure são confortáveis, porém o espaço interno deixa um pouco a desejar. Pessoas altas sentem-se apertadas tanto na parte traseira como na dianteira, onde o puxador da porta rouba espaço da perna do motorista. É difícil interpretar as informações do computador de bordo, já que exibe algumas abreviações pouco intuitivas. O quadro de instrumentos do veículo apresenta boa visibilidade, mas o contraste de cores não agrada, assim como as saídas de ar com aparência "antiga". No exterior, o visual agrada ao misturar a robustez dos fora de estrada com o design das peruas.

Leia Também