Domingo, 19 de Novembro de 2017

Serra está 10 pontos à frente de Dilma em MS

23 JUL 2010Por 22h:11
adilson trindade

Dez pontos separam o tucano José Serra da petista Dilma Rousseff na corrida presidencial em Mato Grosso do Sul. A pesquisa do Ibrape realizada para o Correio do Estado, com 1.119 eleitores em oito regiões, aponta Serra com 42% das intenções de voto contra 32% de Dilma. A candidata do PV, senadora Marina Silva, aparece com 8%. Brancos e nulos somam 4% e 14% declararam estar indecisos. A margem de erro estimada é de três pontos percentuais para mais ou para menos. O intervalo de confiança é de 96%.
A pesquisa mostra semelhança no desempenho dos dois principais candidatos no período de abril a julho. Serra avançou quatro pontos percentuais passando de 38% para 42% das intenções de voto, enquanto Dilma cresceu três pontos, subindo de 29% para 32%. Marina, por sua vez, subiu de 6% para 8%.
A diferença em abril de Serra para Dilma era de 9 pontos percentuais, hoje é de 10. Portanto, os dois cresceram praticamente na mesma proporção na corrida presidencial, levando-se em conta a margem de erro de três pontos.

Regiões
Serra lidera praticamente em todas as regiões de Mato Grosso do Sul. A pesquisa mostra equilíbrio entre os dois principais candidatos a presidente apenas na região do Pantanal (Corumbá). Serra e Dilma estão empatados com 35% das intenções de votos, enquanto Marina apresenta o melhor desempenho na pesquisa: 11%.
Segundo o Ibrape, o melhor desempenho de Serra foi na Região da Grande Dourados, segundo maior colégio eleitoral do Estado. Lá, ele obteve 48% das intenções de voto e Dilma recebeu apenas 29%. A diferença entre os dois é de 19 pontos percentuais. Em relação às demais regiões, esta é a maior margem a favor do tucano. Essa vantagem se dá na região que reúne mais de 355 mil votos, de acordo com dados do Tribunal Regional Eleitoral (TRE).
A petista, no entanto, é a preferida dos eleitores da região do Vale do Ivinhema. Ela obteve 44%. É o seu melhor desempenho por região do Estado. O tucano recebeu 34%. Só que este colégio eleitoral congrega pouco mais de 86 mil eleitores.
Em Campo Grande, maior colégio do Estado, com quase 600 mil eleitores, Serra lidera a preferência com 41% das intenções de voto. Dilma tem 33% e Marina está com 8%.
No norte de Mato Grosso do Sul, Serra tem 43% das intenções de voto contra 29% de Dilma e 3% de Marina. O tucano também é o candidato preferido dos eleitores do cone sul, onde obteve 41%, contra 28% da petista e 6% de Marina.
No terceiro maior colégio eleitoral, a região do Bolsão, Serra atingiu 39% das intenções de voto; Dilma, 33% e Marina, 7%. No sudoeste, região de Aquidauana, Serra tem 39%; Dilma, 34% e Marina, 10%.

Espontânea e rejeição
Na pesquisa espontânea, quando o eleitor diz em quem vai votar sem consultar a lista com os nomes dos candidatos, Serra foi mencionado por 24% dos entrevistados, Dilma alcançou 20% e Marina, 4%. Metade dos eleitores está indecisa, 1% citou outros nomes; brancos e nulos somam 1%.
Dilma tem o maior índice de rejeição, 24%, seguida por Marina, 22% e Serra, 19%.
A pesquisa Ibrape foi realizada entre os dias 15 e 18 de julho e registrada no Tribunal Superior Eleitoral sob o número 20074/2010. (colaborou Maria Matheus)

Leia Também