Quarta, 22 de Novembro de 2017

Sérgio Reis e bandas de rock agitam a Capital

23 ABR 2010Por 01h:18
OSCAR ROCHA

O ecletismo musical prossegue nos palcos campo-grandenses. Hoje e amanhã, atrações artísticas diferentes estarão no roteiro cultural da cidade. O cantor Sérgio Reis retorna à Capital para mostrar as canções que embalaram seus 51 anos de carreira – a promoção será do Serviço Social do Transporte (Sest), e o Serviço Nacional de Aprendizagem do Transporte (Senat) em homenagem ao Dia do Trabalhado. O local será a Praça do Rádio Clube, hoje, às 19h30min.
Inicialmente, Sérgio teve carreira vinculada à Jovem Guarda, deixando, pelo menos, um clássico, “Coração de papel”. Com a desarticulação do movimento liderado por Roberto Carlos, o cantor encontrou na música rural brasileira repertório para seu novo momento artístico, no início da década de 1970.
Gravou seu primeiro disco de música sertaneja com a música “Menino da gaita”, em 1972. Seguiu-se o sucesso de “Menino da porteira”, “Adeus Mariana”, “Disco voador”, “Panela velha”, “Filho adotivo”, “Pinga ni mim” e várias outras canções. Seu disco “O melhor de Sérgio Reis”, lançado em 1981, vendeu mais de 1 milhão de cópias.
Como ator, trabalhou em algumas telenovelas, como “Pantanal” e “A história de Ana Raio e Zé Trovão”, na extinta TV Manchete, e “Paraíso” e “O rei do gado, na Rede Globo. Em 1982, na primeira versão da novela “Paraíso”, Sérgio Reis atuou como Diogo.
Na telenovela “O Rei do gado”, o personagem de Sérgio fazia uma dupla sertaneja com o personagem de Almir Sater, e a dupla era denominada na telenovela “Pirilampo & Saracura”, tendo gravado, inclusive, músicas para a trilha sonora.
Em agosto de 2009, a gravadora Som Livre lançou uma coletânea de Sérgio Reis comemorando “50 anos cantando o Brasil”, com 4 volumes trazendo os melhores e mais marcantes sucessos da carreira do cantor. Está previsto para breve o lançamento de CD e DVD com show gravado com Renato Teixeira. A entrada do show de logo mais será gratuita.

Rock
Outra atração será amanhã, às 23h, no Barfly. Trata-se do prosseguimento das comemorações de um ano de existência do Coletivo Bigornada Produções. O destaque será a banda goiana Hellbenders, que tocará ao lado de Facas Voadoras, Idis e Dimitri Pellz. A atração de Goiás é um dos destaques nacionais do rock nacional, sendo aposta de importantes produtores e imprensa especializada em música. Apesar de muito jovens (apenas o baterista da banda tem mais de 18 anos), conseguiram, em menos de um ano de atividade, o respeito e admiração no circuito independente de música.
A banda foi uma das mais elogiadas no Festival Goiânia Noise 2009, que contou com apresentações de mais de 30 artistas nacionais e internacionais.  
Ainda fazem parte da programação de um ano da Bigornada os shows das bandas Móveis Coloniais de Acaju, no dia 1º de maio, e Autoramas, nos dias 7 e 8 de maio. 

Leia Também