Sexta, 24 de Novembro de 2017

Sensação térmica chega a 50 graus no sul do Estado

6 FEV 2010Por BRUNO GRUBERTT E NADYENKA CASTRO04h:07
O município de Itaquiraí, localizado no sul do Estado, registrou sensação térmica de 50 graus ontem à tarde. Pelo quinto dia consecutivo, o município apresentou a maior temperatura do Brasil, segundo dados do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet). Ontem, a temperatura na cidade chegou aos 44,3 graus. No ranking do instituto, Porto Murtinho aparece em quarto lugar, com pico de 37,9 graus. O calor intenso, que persiste no Estado, faz com que as pessoas tenham que buscar soluções que amenizem o mal-estar causado pela alta temperatura. Banhos de água com mangueira, em rios e córregos, além das rodas de tereré são algumas das medidas tomadas. “Aqui tem que ficar lá fora ou ir para a prainha. Não tem como ficar no sol e quem não tem ar condicionado sofre muito”, disse o empresário Genário Laurindo, morador de Itaquiraí. “Aqui pode botar um ovo e um bife no chão que você perde o ponto”, brinca o empresário. Na cidade, há quem arrisque que a temperatura atual tenha sido a mais alta dos últimos tempos “Com certeza, este é o ano mais quente”, apostou o auxiliar administrativo Reginaldo Aparecido Barbosa, que diz não ter visto um mês de janeiro tão quente quanto o último, desde 2002. Apesar das impressões, o meteorologista Natálio Abraão, da estação meteorológica da Uniderp-Anhanguera, afirmou que a temperatura de Itaquiraí ainda não superou a que foi registrada em novembro do ano passado. Naquela época, a máxima chegou a 46,2 graus, com sensação térmica de até 51 graus. “Neste mês não são as maiores, mas vale lembrar que quando a temperatura passa de 41 graus, já é prejudicial à saúde”, alertou o meteorologista.

Leia Também