Sábado, 18 de Novembro de 2017

Semana de audiovisual homenageia os índios

14 ABR 2010Por 20h:26

Thiago Andrade

 

Na próxima segunda-feira comemora-se o Dia do Índio, mas o Pontão de Cultura Guaicuru se adianta e promove, durante esta semana, uma mostra audiovisual por meio do Projeto Cinema Livre, com longas-metragens que abordem temáticas indígenas. As exibições começaram ontem, mas somente amanhã e sexta-feira a programação será aberta ao público.

Ontem, alunos do Instituto Luther King assistiram ao "Terra vermelha", de Marco Bechis, rodado em Dourados, e que retrata o atual contexto dos guarani em Mato Grosso do Sul, tratando de questões como a cultura e os problemas de terra. O longa será exibido hoje para os alunos do Colégio Raul Sans de Matos. Após o filme, haverá debate entre os alunos, com o objetivo de quebrar certos preconceitos relacionados aos índios.

Amanhã será exibido o filme "A missão", dirigido por Roland Joffé, que conta a história de um mercador de escravos do século XVIII que, após a morte do irmão, passa a defender os índios guaranis. Na sexta-feira, o público poderá conferir "Enterrem meu coração na curva do rio", de Yves Simoneau, no qual é mostrada a forma como os Estados Unidos dizimaram sua população indígena.

As sessões têm entrada gratuita e acontecem às 19h.

 

Comemoração

Esta é a primeira vez que o projeto é realizado. Segundo Andréa Freire, coordenadora do Pontão de Cultura Guaicuru, a ideia surgiu como forma de homenagear os índios e chamar a atenção para sua condição na sociedade atual. "Aproveitamos o acervo aqui do pontão para comemorar o Dia do Índio. São filmes pouco conhecidos, que levam a discussões interessantes sobre a questão indígena", aponta.

"O intuito é lembrar a importância dos índios como a gênese da sociedade em que vivemos. Muitos ignoram a forma como estamos ligados a eles e preferem não se importar com essa cultura que é tão rica. Conhecemos muito pouco desses povos e tentar conhecê-los é uma forma de homenagem", pontua Andréa.

Leia Também