Terça, 21 de Novembro de 2017

LEGISLAÇÃO ELEITORAL

Seis obras têm risco de ficar engavetadas

1 JUL 2010Por 06h:34
karine cortez

Seis obras que serão executadas em Campo Grande com recursos federais correm risco de ficar paradas até outubro deste ano caso não sejam iniciadas hoje ou amanhã. Serão investidos R$ 17 milhões para drenagem e pavimentação asfáltica em quatro bairros, construção de cobertura na Feira Central da Capital e de arquibancada no campo de beisebol da Associação Nipo Brasileira.

O prefeito Nelsinho Trad (PMDB) visitou ontem alguns dos locais de obras feitas com recursos federais e cobrou agilidade na execução dos empreendimentos. “A legislação eleitoral exige que essas obras tenham início até 90 dias antes da eleição e, como na sexta-feira tem o jogo do Brasil, teremos que começar todas até amanhã (hoje). Pelo menos a terraplanagem tem que ser feita”, explicou.

Além de terem que iniciar as obras até amanhã, as empreiteiras deverão trabalhar em tempo recorde para encaminhar a primeira nota à Caixa Econômica Federal (CEF) solicitando liberação de parte do recurso da União até o dia 19 de julho. Caso contrário, só receberão os valores devidos depois das eleições. “A legislação eleitoral determina que o primeiro pagamento com recursos da União seja feito até o dia 19. Se entregarem a nota no prazo conseguirão continuar recebendo conforme forem concluindo a obra”, explicou o secretário municipal de Infraestrutura, Transporte e Habitação, João Antonio De Marco.
Do total investido nas obras, R$ 13 milhões são recursos da União e R$ 4 milhões da contrapartida do município.

Obras
As obras de drenagem e pavimentação asfáltica, que precisam começar ainda hoje, serão nos bairros Jardim Panorama, Aero Rancho, Vila Nasser e Jardim Noroeste.

Já na Feira Central, o investimento será de R$ 1,6 milhão. Parte do corredor do local será coberta por lonas industriais para evitar que o sol estrague as verduras e que as pessoas possam transitar em dias de chuva.

Também deve ter início essa semana a construção da arquibancada no campo de beisebol da Associação Nipo Brasileira. O prefeito esteve ainda ontem nos dois locais autorizando o início das obras.  

Outras obras
Nelsinho disse que pretende, até amanhã, vistoriar todas as obras que já estão em andamento, inclusive aquelas que precisam ser iniciadas até amanhã. São 29 empreendimentos que totalizam investimentos na ordem de R$ 170 milhões.

Leia Também