Sexta, 24 de Novembro de 2017

Seis menores fogem durante rebelião

13 ABR 2010Por 20h:53
Anahi Zurutuza

Seis adolescentes fugiram e um ficou ferido durante motim promovido por cerca de 45 internos do Pavilhão B da Unidade Educacional de Internação (Unei) Dom Bosco, na tarde de ontem. O estabelecimento – localizado na BR-262, saída para Três Lagoas, região leste de Campo Grande – abriga 75 menores infratores, que, segundo a Polícia Militar (PM), rebelaram-se contra a superlotação das alas, falta de atendimento de saúde e reivindicavam o conserto de um freezer que, há pelo menos dois meses, não estaria funcionando.

O motim começou por volta das 14h. Os adolescentes tomaram conta da cozinha,  armaram-se com facas, garfos, cabos de vassoura e ameaçavam funcionários. De acordo com a direção, alguns deles subiram no telhado da unidade, quebraram as telhas e começaram a atirar os estilhaços nos agentes.

Policiais do 9º Batalhão da Polícia Militar (PM) e da Companhia Independente de Gerenciamento de Crises e Operações Especiais (Cigcoe) foram acionados para conter os rebeldes. Com cães Rotweiller, eles entraram na unidade e, por volta das 15h, a situação já estava controlada.

Fuga
Seis internos aproveitaram a movimentação para fugir. Eles pularam o muro de cerca de oito metros e se esconderam na mata do entorno da Unei. Policiais do 9º Batalhão passaram a tarde à procura dos fugitivos, mas até o fechamento da edição não haviam conseguido localizar nenhum deles.

Três dos foragidos têm 17 anos e cumprem medida socioeducativa por roubo, outros dois deles têm 16 e estão internados por participação em assaltos e tráfico de entorpecentes, respectivamente. O outro foragido tem 15 anos e também já se envolveu em roubos.

W.L.R.A., 17 anos, também tentou fugir, mas caiu do muro sobre telhas quebradas e acabou sofrendo um corte grave na perna esquerda. Ele foi levado para a Santa Casa de Campo Grande, em uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

Leia Também