Sexta, 17 de Novembro de 2017

Santo Sudário é um “ícone escrito com sangue”, diz Papa

3 MAI 2010Por 09h:06
O Papa Bento descreveu ontem o Santo Sudário, que muitos acreditam ser a mortalha que envolveu o corpo de Jesus Cristo, como um “ícone escrito com sangue”, numa reflexão feita durante a visita ao famoso linho. O sudário “fala com sangue, e sangue é vida”, afirmou o Papa, após visitar a Catedral de Turim, onde está exposto, pela primeira vez em uma década. A Igreja Católica Romana nunca se pronunciou sobre a autenticidade do Santo Sudário e Bento XVI propositadamente se referiu a ele como um “ícone”, em vez de “relíquia”.

Leia Também