Sexta, 24 de Novembro de 2017

Ronaldo está em crise com torcida do Timão

26 MAR 2010Por 06h:18
O casamento entre Ronaldo e a torcida do Corinthians sofreu a sua primeira crise na noite de quarta-feira, depois da derrota por 1 a 0 para o Paulista, pelo Paulistão. Cerca de uma hora depois de dizer que suportaria todas as críticas pelo mau momento do time, em entrevista coletiva, Ronaldo não conseguiu conter a sua irritação. O atacante mostrou o dedo médio para um grupo de 30 torcedores que o insultava no estacionamento da Arena Barueri. Assim que os torcedores se mobilizaram para protestar, a Polícia Militar formou uma barreira com escudos para proteger os jogadores do Corinthians. Todos estavam à espera, principalmente de Ronaldo, que foi vaiado e chamado de “gordo” quando apareceu diante do portão. Antes do episódio, Ronaldo pediu para ser criticado e foi prontamente atendido. Enquanto o atacante protegia os novatos do Corinthians das contestações, ainda no gramado da Arena Barueri, alguns torcedores se uniram para insultá-lo – outros preferiram incentivar e tirar fotografias. “Tenho as costas largas, boas para bater. Espero que batam em mim, e não nos meninos de vinte anos. Sou forte e vou absorver todas as críticas. Fui criado com muita pressão nas costas. Minha vida é assim. Prefiro proteger os mais jovens”, bradou Ronaldo, enquanto ouvia vaias e era chamado de “gordo” por um grupo de corintianos.

Leia Também