Quinta, 23 de Novembro de 2017

Reunião define detalhes para o Mundial de Motocross

10 AGO 2010Por 04h:48
Arlindo Florentino

Em reunião que contou com representantes da Polícia Rodoviária Estadual, Agetran, Ciptran, Corpo de Bombeiros, Funesp, Polícia Militar, Federação de Motociclismo e Fundesporte, foi iniciada ontem a elaboração do projeto para definir qual será a melhor forma para o  o acesso do público à pista onde será disputada a etapa brasileira do Campeonato Mundial de Motocross, em Campo Grande.
Localizado no acesso ao Parque dos Poderes, na saída de Três Lagoas, o motódromo deverá receber cerca de 40 mil pessoas nos dias 21 e 22 próximo, para acompanhar a prova.
De acordo com o presidente da Federação de Motociclismo, Firmo Henrique Alves, todos os detalhes precisam ser estudados com antecedência. “A nossa maior preocupação é com  a logística do evento, ou seja, com o trânsito de veículos e também com o acesso do público. Este foi o primeiro encontro onde começamos os debates. Agora cada um vai elaborar o seu projeto e, na próxima quinta-feira, teremos uma nova reunião”, afirmou o dirigente.
O que está definido é que, a partir de determinado ponto, não será permitido o tráfego de veículos, com o público devendo percorrer uma certa distância a pé, até a pista. “Queremos evitar transtornos no trânsito, principalmente porque o local está próximo a rodovias. Por isso tudo tem que estar perfeitamente planejado”, concluiu Firmo.

Leia Também