Quinta, 23 de Novembro de 2017

Recall não afeta Corolla brasileiro

19 MAR 2010Por 04h:15
No primeiro encontro com jornalistas brasileiros após os problemas que a Toyota enfrentou na América do Norte, Oceania, Ásia e Europa, e que resultaram em um recall de mais 8,5 milhões de veículos, os executivos da montadora japonesa aproveitaram a oportunidade para descartar qualquer possibilidade de convocação semelhante na América do Sul. “Os carros comercializados no Brasil e nos países vizinhos possuem peças diferentes das que estão sendo substituídas nos outros continentes e, por isso, estão livres deste recall”, destacou o presidente da Toyota para a região do Mercosul, Shozo Hasebe. A insistência do executivo da empresa japonesa em reforçar as informações que vêm sendo divulgadas pela filial sul-americana desde janeiro, é uma forma de resposta ao Ministério Público do Estado de Minas Gerais, que no começo deste mês de março começou a investigar possíveis falhas no pedal do acelerador dos carros vendidos no Brasil, mesma peça que originou o recall de proporções globais que a Toyota realiza. Para o vice-presidente da operação brasileira da Toyota, Luiz Correa Andrade Júnior, o recall em outros cantos do planeta não afetou a imagem da montadora no País. “A maior prova disso é que no primeiro bimestre de 2010, período do recall, tivemos um crescimento de vendas de 9%, sendo que a Hilux vendeu 17% mais que no mesmo período do ano passado, e o Corolla aumentou sua participação em 23%”, concluiu. (EM)

Leia Também