Sexta, 24 de Novembro de 2017

PT reúne Delcídio e José Orcírio em território do PMDB

14 ABR 2010Por 23h:39
Fernanda Brigatti, DA REDAÇÃO
Rose Rodrigues, de Três Lagoas

O comando do PT monta um plano para colocar o ex-governador José Orcírio dos Santos e o senador Delcídio do Amaral juntos na rua em busca de apoio político e eleitoral. Os dois vivem em atritos desde as eleições de 2006. A estratégia dos petistas é uni-los para fortalecer o projeto de eleição do futuro governador do Estado. Eles marcaram a primeira agenda conjunta para a próxima sexta-feira (16) e sábado (17), em Três Lagoas, no encontro regional do PT.

Inicialmente, o encontro seria realizado em Coxim, mas tanto Orcírio quanto Delcídio tiveram agendas no município há poucos dias. A escolha de Três Lagoas para a reunião também é estratégica, por se tratar da terra natal da pré-candidata a vice-governadora na chapa de André Puccinelli (PMDB), a ex-prefeita Simone Tebet (PMDB).

O presidente regional do partido ressaltou que esse será o primeiro encontro público do ano, em Mato Grosso do Sul, para agregar a militância. “Também deverão estar presentes deputados estaduais e federais do partido e representantes de partidos aliados, quando vamos debater tática eleitoral, alianças partidárias, candidaturas regionais e programa de governo”, disse.

Para Orcírio, a agenda servirá para motivar a militância com a campanha que se aproxima. Amanhã, o ex-governador irá a São Paulo (SP), onde resolve, segundo ele, questões ligadas a seu escritório e, na volta, vai a Costa Rica, Chapadão, Cassilândia e na sexta-feira segue para Três Lagoas, onde aguardará o senador. “Acho que será uma boa agenda”, disse.

Delcídio acredita que o encontro em uma cidade tão importante como Três Lagoas vai reforçar o projeto de candidaturas do partido. Ele ressaltou também que o objetivo agora é alinhar a agenda com ex-governador, para que reuniões conjuntas fiquem mais constantes. “É um processo natural que vai se ajustando”, disse.

Durante dois dias, os petistas e simpatizantes da região vão debater os rumos para as eleições deste ano. A reunião será no plenário da Câmara de Vereadores. Além da presença da militância, a expectativa do partido é conseguir reunir, em torno de Orcírio e Delcídio, deputados e lideranças das diversas correntes internas.

Segundo o presidente regional do PT, Marcus Garcia, o encontro em Três Lagoas buscará definir a agenda do partido em busca de aliados. Também para o deputado Paulo Duarte, o encontro vem em tempo, pois juntos são mais fortes.
 
Alianças
Para o comando do PT, o encontro, com os dois principais nomes do partido juntos, reforça também a imagem de candidatura consolidada, o que fortalece a negociação de alianças. Hoje, além do PDT, PP, PMN, PSL, PSC, PC do B, PRB e PV negociam compor o arco de alianças do ex-governador.
Depois da declaração de apoio à reeleição de Puccinelli pelo PTB, Orcírio declarou que as conversas de eventuais alianças continuarão sendo realizadas, mas com mais discrição, pois só se define aliança nas convenções.

O senador Delcídio do Amaral afirmou também que “naquilo que eu puder colaborar e se o Zeca entender importante minha ação junto aos partidos, vou ajudar”. Segundo ele, a reunião em Três Lagoas vai discutir também as alianças partidárias. “O momento é bom para a gente participar dessas discussões”, avaliou.

Leia Também