Sexta, 24 de Novembro de 2017

PSDB vai à Justiça contra o PT

22 JAN 2010Por 08h:11
Depois de dois dias trocando críticas e acusações, PT e PSDB vão, agora, brigar na Justiça. Ontem, em nota à imprensa, o secretário-geral do PSDB, Rodrigo de Castro, informou que a executiva nacional do partido “vai interpelar na Justiça comum” o presidente nacional do PT, Ricardo Berzoini, e o presidente eleito do partido, José Eduardo Dutra, “por calúnia e difamação”. Ontem à tarde, os dirigentes petistas divulgaram nota chamando o presidente do PSDB, senador Sérgio Guerra (PE), de “jagunço” e o governador de São Paulo, José Serra (PSDB), de “hipócrita”. O texto é uma resposta à nota divulgada ontem por Guerra, que acusou a ministra- chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, de “mentir, omitir, esconder-se, dissimular e transferir responsabilidades.” O tucano Rodrigo de Castro afirma ainda que o adjetivo “jagunço”, usado pelos dirigentes petistas contra o presidente do PSDB, “revela grave preconceito contra o povo nordestino.” Os petistas, segundo a nota, “ao promoverem o preconceito entre brasileiros, mostram que desconhecem o que é fazer política com independência, integridade e ter ética por convicção”. A briga entre PT e PSDB começou após a publicação de uma entrevista com Sérgio Guerra à revista “Veja”, na qual criticou o Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), e disse que, se eleito, o candidato tucano acabaria com o programa.

Leia Também