Quinta, 23 de Novembro de 2017

Proposta do governador não empolga Murilo Zauith

2 FEV 2010Por ADILSON TRINDADE E MARIA MATHEUS23h:16
O vice-governador Murilo Zauith (DEM) não ficou nem um pouco empolgado com a hipótese de assumir o Governo se André Puccinelli (PMDB) pedir licença para fazer campanha eleitoral à reeleição. O projeto de Murilo é concorrer a uma vaga de senador, não ocupar o cargo de governador por dois ou três meses e depois ficar sem mandato. “A proposta de André é vaga”, comentou Murilo. Para o vice-governador, “essa proposta tem que se desenvolver, porque sou candidato a senador pelo BDR (Bloco Democrático Reformista)”. E não estava na agenda política a indicação de Murilo para assumir o Governo do Estado. “O governador tem que chamar o BDR para conversar”, disse Murilo. A preocupação do bloco liderado pelo PSDB é perder a vaga de senador com Murilo no Governo, porque ele é o nome escolhido para concorrer a eleição. “O BDR está trabalhando com o que o próprio governador disse: uma vaga é dos aliados”, ressaltou Murilo. A senadora Marisa Serrano (PSDB) disse que só o Murilo poderá decidir se vai aceitar a proposta de assumir o Governo para André se dedicar exclusivamente à campanha eleitoral. “O que eu sei é que o Murilo é o nosso candidato ao Senado. Ele está animadíssimo e trabalhando muito nesse sentido”, afirmou. Por isto, o bloco não discutiu a indicação de outro nome no caso de Murilo desistir de disputar o Senado. “Isso não entrou nas nossas cogitações”, comentou Marisa. “A notícia que eu tenho é que o Murilo não desistiria, mas não conversei com ele”, ressaltou. O presidente regional do PPS, Athayde Nery, disse que o bloco colocaria outro nome para concorrer ao Senado se Murilo assumir o cargo de governador. “Acho muito difícil acontecer do Murilo assumir o Governo. O André vai continuar tocando a máquina. Ele não vai abrir mão disso,” afirmou.

Leia Também