Sexta, 17 de Novembro de 2017

"MinC"

Projeto viabiliza centro cultural em bairro da Capital

29 JUN 2010Por 08h:25
Thiago Andrade

Campo Grande receberá mais um centro cultural. O bairro Estrela do Sul foi agraciado com projeto do Espaço Mais Cultura, como parte do programa homônimo do Ministério da Cultura (MinC). A ação foi promovida pelo Instituto Elos, Prefeitura Municipal de Campo Grande, Fundação Municipal de Cultura (Fundac) e pelo ministério. O centro será instalado na área do Parque Linear Córrego Segredo e conta com investimentos do Programa de Aceleração do Crescimento (Pac) do Governo Federal.

Entre os dias 23 e 25 da semana passada, a região recebeu dois técnicos como parte da ação Elos no Canteiro Mais Cultura. “É parte de um programa do MinC para mobilização das comunidades. Não queremos construir um espaço que vai ser abandonado depois, por isso existe esse trabalho no bairro, no qual os técnicos fazem toda essa mobilização com os artistas e moradores da região”, explica Roberto Figueiredo, presidente da Fundac.

O espaço cultural contará com 527 metros quadrados, onde poderão ser encontrados teatro de arena, sala para oficinas e exposições, biblioteca, além da administração. Para tanto, serão investidos cerca de R$ 600 mil com contrapartida da prefeitura. Segundo Figueiredo, a previsão de início é para os próximos meses.

“O terreno já foi aplainado. Agora vamos abrir licitação para contratar a empresa que construirá o espaço, mas a prefeitura prevê o início da construção para um ou dois meses”, aponta. Nas próximas semanas, o programa segue com a seleção de quatro pessoas, duas da comunidade e dois técnicos da Fundac, que viajarão para Brasília.

“Eles ficarão por lá durante uma semana e receberão cursos de capacitação ministrados pelo MinC e pelo Instituto Elos. Existe toda essa preocupação com a funcionalidade do espaço e isso só pode ser feito com a mobilização dos moradores”, explica.
Os espaços financiados pelo Programa Mais Cultura se estendem por todo o País, constituindo o total de 23. Na Região Centro-Oeste serão criados cinco espaços com apoio  Ministério da Cultura.

Leia Também