Sexta, 24 de Novembro de 2017

PRF apreende cerca de 4 mil quilos de maconha

24 MAI 2010Por 06h:38
karine cortez

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) de Mato Grosso do Sul apreendeu ontem um caminhão com aproximadamente quatro toneladas de maconha, misturadas a sacos de farelo de arroz. O flagrante aconteceu no posto fiscal da cidade de Jaraguari depois que o motorista N.C.S, 52 anos, durante abordagem de rotina, ficou nervoso e acabou contando que transportava a droga.

Em depoimento à PRF, o motorista contou que receberia R$ 15 mil para entregar a maconha na cidade de Inhumas (GO). Ele disse que um homem, cujo nome não foi revelado à polícia, ligou para o celular dele falando que havia esse “serviço” para ser feito e contou que se tratava do transporte de três a quatro toneladas do entorpecente. A PRF disse que hoje fará a contagem dos tabletes de maconha para ter, com precisão, o peso total da droga.

N.C.S, foi preso em flagrante e encaminhado para a Polícia Federal. Ao vistoriar a carga, os policiais perceberam que os tabletes da droga estavam envoltos e cobertos por sacos de farelo da empresa Fuji Alimentos, de Dourados. “A maconha foi colocada toda no meio do caminhão. Essa tática é usada para despistar a polícia durante fiscalização”, disse o agente da PRF, André Gimenez, que estava de plantão e fez a abordagem no posto fiscal.
Ousadia

A ousadia dos traficantes tem deixado os policiais cada vez mais atentos. No último dia 8, durante fiscalização na BR-267, em Guia Lopes da Laguna, a Polícia Rodoviária Federal apreendeu 725,8 quilos de cocaína, que estavam sendo transportados no caminhão baú com placas de Pirapozinho (SP), que pertence ao frigorífico Brasil Global, de Guia Lopes da Laguna. Até hoje esta é a maior apreensão de cocaína já feita em Mato Grosso do Sul.
A segunda maior ocorreu em 1995, com 670 quilos na região de Coxim, quando houve a prisão do ex-prefeito do município Jair do Couto.

Leia Também