Sábado, 18 de Novembro de 2017

PRF apreende 510 quilos de cocaína

9 MAI 2010Por 20h:46

Vânya santos

 

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) fez a maior apreensão de cocaína, em Mato Grosso do Sul, dos últimos 15 anos. Aproximadamente 510 quilos da droga estavam escondidos no interior de um caminhão baú, juntamente com carga de carne bovina. A apreensão ocorreu no início da madrugada deste sábado (8), na BR-267, em Jardim.

De acordo com o chefe de seção policial e operações da PRF, inspetor Luiz Sérgio Pinheiro, policiais do posto de Guia Lopes da Laguna faziam fiscalização de rotina em Jardim, quando abordaram o condutor do caminhão-baú, com placas de Pirapozinho, interior de São Paulo, que não teve o nome divulgado.

Durante fiscalização, o homem apresentou toda a documentação solicitada pela polícia, inclusive a nota fiscal da carne, comprovando carregamento de cerca de 16 toneladas do produto. No entanto, como o procedimento policial foi um pouco demorado, o condutor notou que os policiais estariam desconfiados de algo e fugiu. Diante da situação, os agentes apreenderam o veículo e fizeram buscas pela região, mas não conseguiram localizar o motorista.

Então, o caminhão foi levado para um frigorífico em Jardim, onde o baú foi aberto e a mercadoria, inspecionada. Na ocasião, foram descobertos 17 fardos, com aproximadamente 30 quilos de cocaína em cada um deles, totalizando 510 quilos da droga.

Conforme o inspetor, a suspeita é de que o caminhão tenha sido carregado num frigorífico em Jardim ou Guia Lopes da Laguna e que a droga seria levada para o interior de São Paulo. O veículo foi escoltado no final da tarde de ontem por um comboio policial e um helicóptero até a Superintendência da Polícia Federal, em Campo Grande.

 

Valores

De acordo com a PRF, essa quantidade de droga pode ser vendida a US$ 15 milhões nos Estados Unidos ou na Europa, a R$ 10,2 milhões em São Paulo, US$ 2,5 milhões em Campo Grande e US$ 1 milhão na Bolívia. Depois de processada para distribuição, esses 510 quilos de cocaína podem render cerca de 2.040 quilos da droga, o que representa quatro vezes mais a quantidade inicial.

 

Maior apreensão

A maior apreensão de cocaína já feita no Estado foi de 670 quilos, ocorrida em 22 de outubro de 1995, na região de Maracaju, quando foi preso o ex-prefeito do município, Jair do Couto. O destino do carregamento seria a cidade de Istambul, na Turquia.

A terceira maior apreensão foi de 449,2 quilos e ocorreu em abril de 2002, em uma pista de pouso, da zona rural de Rio Verde. Um avião, oriundo da Bolívia, com destino a São Paulo, fazia escala no município.

Leia Também