Quinta, 23 de Novembro de 2017

Previdência tem o pior resultado desde 2007

20 JAN 2010Por 04h:13
A Previdência Social registrou déficit de R$ 43,614 bilhões em 2009, aumento de 12,65% em relação ao de 2008, que foi de R$ 38,717 bilhões. O resultado é o pior desde 2007. No ano passado como um todo, a arrecadação somou R$ 184,57 bilhões. Já as despesas com benefícios foram de R$ 228,19 bilhões. Em dezembro, no entanto, a Previdência teve superávit de R$ 1,75 bilhão, contra um déficit de R$ 3,12 bilhões em novembro. O resultado refletiu o aumento na contribuição por conta do pagamento do 13º salário. Já em dezembro de 2008 houve superávit de R$ 1,81 bilhão. No último mês do ano passado, a arrecadação líquida foi de R$ 25,59 bilhões, contra R$ 16,84 bilhões em novembro. As despesas somaram R$ 23,83 bilhões, contra R$ 19,97 em novembro. O déficit da Previdência voltou a subir após queda significativa em 2007 e 2008 – naquele ano (2007), o resultado foi negativo em R$ 51 bilhões. De acordo com o secretário de Previdência Social, Helmut Schwarzer, isso ocorreu porque em 2008 houve grande criação de empregos formais – o que não se repetiu em 2009, principalmente no início do ano, por conta da crise financeira. “O emprego formal estava crescendo a todo vapor todos os meses em 2008. Em 2009, o primeiro semestre foi um pouco mais fraco e o segundo está puxando forte”, afirmou.

Leia Também