Terça, 21 de Novembro de 2017

Presidenciável tucano cancela visita a Corumbá

9 SET 2010Por 21h:22
O candidato do PSDB à Presidência da República, José Serra, cancelou viagem a Corumbá para gravar resposta ao depoimento do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, exibido na propaganda eleitoral. Lula ocupou parte do programa da petista Dilma Rousseff para atacar a candidatura do tucano, por conta das críticas que se sucederam à quebra de sigilo de dados fiscais, pela Receita Federal, de pessoas ligadas a Serra. Mas, em nenhum momento, o presidente citou diretamente o caso.
Pela agenda inicial, o tucano estaria ontem em Corumbá para gravar programa eleitoral na fronteira com a Bolívia. Uma de suas bandeiras de campanha é justamente o combate ao tráfico de drogas em regiões fronteiriças do País.
Segundo o presidente regional do PSDB, deputado  Reinaldo Azambuja, Serra aproveitaria a visita para pedir votos em Corumbá. “Com certeza, ele participaria de um ato político”, informou. Ontem, coincidentemente ou não, o governador André Puccinelli (PMDB) cumpriu agenda de campanha no município e em Ladário.
Por enquanto, os tucanos não têm previsão de uma nova data para Serra vir a Mato Grosso do Sul. “Com certeza ele virá”, ressaltou Azambuja. A convicção leva em conta a decisão de o candidato gravar programa na fronteira com a Bolívia.
A princípio, Serra também passaria por Dourados e Ponta Porã, contudo, ontem, Azambuja praticamente descartou as visitas, durante a campanha eleitoral, aos municípios da região Sul do Estado. “Ele só confirmou agenda em Corumbá”, afirmou. (LK)

Leia Também