Quinta, 23 de Novembro de 2017

Prefeitura recomenda cuidados às escolas por conta de tempo seco

24 AGO 2010Por 09h:28
MICHELLE ROSSI

A Prefeitura Municipal de Campo Grande encaminha nesta terça-feira às suas unidades escolares instruções  para enfrentar os baixos índices de umidade relativa do ar que vêm sendo registrados em Mato Grosso do Sul. As medidas fazem referência a atividades físicas nas escolas, complicações alérgicas e respiratórias devido ao ressecamento de mucosas, sangramento de nariz, ressecamento da pele, irritação dos olhos, dor de cabeça, ardência na garganta e cansaço excessivo.
Ontem, a umidade caiu para 11% em Água Clara, menor índice já registrado no Estado. Na Capital, chegou a 16%.
Segundo o comunicado, se a umidade relativa do ar estiver entre 20% e 30%, o que significa estado de atenção, é preciso evitar exercícios físicos ao ar livre entre 11h e 15h. Se os índices ficarem na casa de 12% e 20%, ou estado de alerta, deve-se suprimir os exercícios físicos entre 10h e 16h; e com umidade abaixo de 12%, estado de emergência, deve-se evitar qualquer exercício físico ao ar livre entre 10h e 16h.
Quanto às escolas da rede estadual, desde a semana passada um comunicado encaminhado pelo governo alerta para procedimentos específicos para os alunos durante o período de estiagem.
A Coordenadoria Estadual de Defesa Civil (Cedec) desaconselha atividades ao ar livre e exposição ao sol entre as 10h e 17h, especialmente entre as 14h e 16h, período em que umidade do ar fica ainda mais baixa. Orienta-se, principalmente aos alunos nas escolas, durante as atividades de educação física, a ingestão de bastante líquido.

Leia Também