Sexta, 24 de Novembro de 2017

Prefeito consegue destravar verbas para concluir obras

11 AGO 2010Por 07h:35
ANAHI ZURUTUZa

A Prefeitura de Campo Grande conseguiu “destravar” parte dos R$ 58 milhões em recursos do governo federal para obras que estão sendo executadas na Capital. De acordo com o secretário municipal de Governo e Relações Institucionais, Rodrigo Aquino, ontem, representantes dos ministérios das Cidades e da Integração Nacional garantiram que os depósitos na conta do município serão realizados entre os dias 15 e 25 deste mês.
Há duas semanas, o prefeito Nelson Trad Filho (PMDB) esteve em Brasília (DF) para prestar contas das obras que estão sendo realizadas com verba da União em Campo Grande e, como os repasses são parcelados, garantir a liberação de mais uma parte dos recursos. No montante, estão incluídos os R$ 9 milhões que estão sendo usados no trabalho de reconstrução da Avenida Ricardo Brandão e da Rua Ceará e recuperação de outras vias danificadas com a chuva do fim de fevereiro, além dos recursos que estão sendo empregados nas obras de pavimentação e drenagem dos bairros Jardim Nascente do Segredo, Jardim Panorama, Jardim Nachiville, Jardim Aero Rancho e Jardim Noroeste.
Segundo Rodrigo Aquino, até o dia 25 de agosto, o município deve receber de 10% a 30% do valor total que será repassado para Campo Grande. Ou seja, no caso dos recursos destinados à reconstrução da Ricardo Brandão e da Ceará, dos R$ 20 milhões provenientes do Ministério da Integração Nacional, até agora R$ 11 milhões foram liberados. Na viagem a Brasília, o prefeito tentou agilizar a liberação dos R$ 9 milhões restantes, dos quais devem cair na conta do município de R$ 900 mil a R$ 2,7 milhões. “Entramos hoje em contato com Brasília e eles nos garantiram que os depósitos serão feitos este mês. Para cada um das obras que estão em andamento vamos ter mais um parcela dos recursos”.
Durante a viagem a Brasília, Nelsinho tentou, ainda, liberar recursos para a construção do Centro de Belas Artes, cobertura da Feira Central e Hospital de Traumas, verba cujas primeiras parcelas também devem ser liberadas.

Guarda municipal
Na semana retrasada, o prefeito protocolou no Ministério da Justiça o projeto que prevê investimentos na ordem de R$ 3 milhões para equipar e armar a Guarda Municipal de Campo Grande. Segundo o secretário de governo, a proposta ainda precisa passar por análise e não há prazo para o ministério decidir se aprova ou não o projeto.

Leia Também