Segunda, 20 de Novembro de 2017

Copa do Mundo 2010

Precavidos, holandeses treinam pênaltis para duelo com o Brasil

1 JUL 2010Por 06h:43
Johannesburgo, África do Sul

O técnico Bert Van Marwijk adotou uma estratégia bastante utilizada por Dunga na África do Sul, às vésperas do confronto com o Brasil. Ontem, a Holanda realizou um treinamento secreto e exercitou as cobranças de pênalti, segundo os fotógrafos que estavam em um prédio ao lado da Universidade de Witwatersrand.
Em 1998, Brasil e Holanda decidiram uma vaga na decisão da Copa do Mundo da França nas penalidades. E neste mundial, os dois gols que os holandeses sofreram também foram dessa forma, diante de Camarões e Eslováquia. Para prevenir-se em caso de empate no tempo normal e na prorrogação, a maioria dos atletas da seleção holandesa testou o goleiro Maarten Stekelenburg no treinamento de pênaltis.

Sneijder
O meio-campo da Holanda Wesley Sneijder disse que “não há problema com Robin Van Persie”, ao se referir a um incidente envolvendo os dois jogadores após a vitória sobre a Eslováquia.
Substituído aos 35 minutos do segundo tempo, Van Persie deixou o campo furioso, criticando o treinador Bert van Marwijk: “Eu não preciso ser substituído, mas sim Sneijder”, segundo divulgou a emissora de televisão holandesa NOS.
“Robin me assegurou que não disse essas palavras e não tenho razão alguma para duvidar disso. Acredito na palavra dele e não existe problema de relacionamento”, reagiu Sneijder, que afirmou que a seleção da Holanda está focada apenas nas quartas de final. “Queremos jogar e mostrar nosso futebol. Esse é nosso único pensamento e estamos concentrados para isso”, completou.

Leia Também