Sábado, 25 de Novembro de 2017

casa & cia

Pragas

29 JAN 2010Por 01h:34
Se crescer erva daninha no seu jardim, não se desespere. As indesejáveis plantas podem aparecer espontaneamente. É explicado que o ideal é arrancar com a mão mesmo e evitar o uso de veneno: as ervas daninhas roubam os nutrientes e tapam a luz solar das plantas cultivadas, além de tornar o jardim um verdadeiro matagal quando não controladas. A forma mais eficiente de controle, nesses casos, é o arranque manual. O uso de herbicidas deve ser evitado em decorrência da proximidade com a residência, além do risco de contaminação de pessoas ou animais que circulam pelo jardim. Se doenças ou pragas aparecerem nas plantas, confira se as mudas estão se desenvolvendo corretamente. Cuidados inadequados podem favorecer a proliferação de fungos. Verifique se as plantas estão sendo cuidadas da melhor forma para seu bom desenvolvimento. A maioria das doenças é causada por fungos, que são favorecidos por altas umidades e calor. Por esse motivo, evite regas excessivas ou falta de sol. Caso as doenças continuem, considere trocar a planta. Se a doença persistir, há fortes indícios de que a planta não seja capaz de se adaptar ao seu jardim. Isso pode ocorrer por diversos motivos. Pense seriamente em substituir a espécie por alguma outra que se adapte melhor ao local. Quanto mais fortes e saudáveis estiverem as plantas, menos susceptíveis a pragas e doenças elas estarão. Dessa forma é importante que se adube e regue corretamente, e mantenha a planta em local mais adequado. De acordo com os paisagistas, além de podas, regas e adubos, para manter um jardim bonito e cheio de flores é preciso uma atitude especial: cuidar com amor e carinho só assim você terá um belo jardim sempre florido.

Leia Também