Sexta, 24 de Novembro de 2017

População é contra candidatura de Nelsinho ao Senado

28 MAR 2010Por 00h:44
Resultado de pesquisa levou o prefeito de Campo Grande, Nelsinho Trad (PMDB), a tomar a decisão de não renunciar ao mandato, no fim deste mês, para concorrer ao Senado ou a qualquer outro cargo eletivo. “A população iria considerar traição de minha parte e do governador André Puccinelli, se saísse da prefeitura para disputar as próximas eleições”, comentou Nelsinho. Com os dados nas mãos, o prefeito comunicou ontem ao governador a reprovação da população de Campo Grande à sua renúncia ao cargo para entrar na briga por uma vaga no Senado. “A pesquisa indica para eu ficar na prefeitura e concluir com a minha obrigação e trabalho”, justificou Nelsinho. O prefeito destacou a sua permanência no cargo como essencial para ajudar na reeleição de André. Fora da prefeitura, Nelsinho considera “uma temeridade”, porque a população não iria perdoá-lo por sua renúncia. “Se o André não saiu, por que você vai sair?”, questionaram os entrevistados na pesquisa, segundo o prefeito. André desistiu de concorrer ao governo do Estado em 2002 para não renunciar ao cargo de prefeito. Outro dado da pesquisa revelado por Nelsinho é o seu papel na campanha de André. “É muito importante, mas só depois do expediente”, recomendaram os entrevistados. (AT)

Leia Também