Quinta, 23 de Novembro de 2017

Polícia prende dois envolvidos no assassinato de comerciante

25 MAR 2010Por 08h:04
Policiais da 4ª Delegacia, localizada no Bairro Moreninhas, apreenderam ontem o menor G.C.A.S, 14 anos, e detiveram Leandro dos Santos Gonçalves, 27 anos, apontados como responsáveis pelo latrocínio – roubo seguido de morte – ocorrido na noite da última segunda-feira, no Bar do Ceará, Bairro Cidade Morena. De acordo com o delegado Wellington de Oliveira, o menor apontou outro garoto, da mesma idade, como sendo o autor dos disparos. Já Leandro teria fornecido a arma e comprado as munições utilizadas na prática do crime, mas não foi até o estabelecimento. O assalto deixou o dono do estabelecimento, Raimundo Nunes da Silva, 65 anos, ferido com dois tiros no braço e resultou na morte de um cliente, o também comerciante Geraldo Cardoso, 63 anos. Equipes de investigadores da delegacia estão em busca do menor que teria desferido os disparos e de uma quarta pessoa que esteve no bar junto com os menores. Em depoimento à polícia, o jovem apreendido contou que foi convidado por Leandro e pelo outro comparsa para roubar à noite. Ele aceitou e viu que os colegas estavam armados com um revólver calibre 38. Após sair do trabalho de serviços gerais, no início da tarde da última segunda-feira, o menor foi com os companheiros a um pesque-pague na Vila Capital e no local efetuaram três disparos para o alto. Em seguida, os três foram até a residência de G.C.A.S. para que ele pudesse tomar banho e receber do padrasto dinheiro por serviços prestados. De posse de R$ 120, os jovens seguiram para a rua e ficaram perambulando, consumindo bebida alcoólica, até que decidiram comprar algumas munições e seguir em busca do alvo. Ainda segundo depoimentos, por volta das 20h o trio passou em frente ao Bar do Ceará e percebeu que seria um local fácil de praticar o roubo. O menor contou que até sugeriu que o assalto fosse num posto de gasolina próximo ao bar, mas no momento havia muitos clientes e por isso desistiram, voltando para o bar, onde permaneceram avaliando o ambiente e às 21h decidiram praticar o roubo. Eles anunciaram o assalto. De acordo com o adolescente, eles agrediram pessoas que estavam no bar e ao pegar dinheiro no bolso do dono do estabelecimento ele reagiu e acabou entrando em luta corporal com um dos assaltantes. O cliente Geraldo tentou ajudar o amigo Raimundo e foi atingido por dois tiros, sendo um na cabeça e outro no tórax. Depois de sair do bar com R$ 70 retirados de Raimundo, os garotos avistaram um jovem na porta de uma casa com notebook na mão e roubaram o equipamento.

Leia Também