Segunda, 20 de Novembro de 2017

Polícia faz prisão e apreende droga

4 FEV 2010Por NADYENKA CASTRO06h:14
Esposa de um bombeiro e professora de português, Marileine Gouveia da Rosa Gomes, 35 anos, foi presa na terça-feira, em uma residência do Bairro São Jorge da Lagoa, em Campo Grande, com 2,77 qu i los de pasta base de cocaína. O marido dela já havia sido preso ano passado pela Polícia Federal quando transportava 11 quilos do mesmo entorpecente, de Corumbá para a Capital. Junto com Marileine, a Delegaci a Especi a l i zad a de Repressão ao Narcotráfico ( Dena r) prendeu, por associação para o tráfico de drogas, a mãe dela, Neide Gouveia da Rosa, 61 anos, o acadêmico de Direito Luciano Castro Veiga, 33 anos, e Francisco Sidney Romero, 40 anos. A Denar chegou até os acusados após denú nci a anônima de que haveria comercialização de drogas perto de uma boate localizada na Avenida Ernesto Geisel. Os policiais foram para o local, viram quando os suspeitos chegaram e depois saíram e passaram a monitorá- los até o momento em que foram presos. Eles foram f lagrados qua ndo pesavam o entorpecente. Na residência, além da pasta base, foram apreendidos celulares e balança de precisão. Experientes De acordo com a Denar, Neide e Marileine já foram condenadas a seis anos de reclusão por tráfico de entorpecentes. Francisco tem antecedentes pelo mesmo crime e também por homicídio. Ester já esteve presa por receptação. Já o universitário é o único réu primário.

Leia Também