Segunda, 20 de Novembro de 2017

Polícia encontra local de desmanche de veículos roubados

19 MAR 2010Por 06h:14
localização de uma camionete Ford Ranger roubada na noite de quarta-feira levou a Polícia Militar (PM) a descobrir um desmanche de veículos, em Campo Grande. O ponto funcionava em uma oficina mecânica, no Bairro Santo Antônio, de propriedade do torneiro mecânico Rafael Cândido da Silva, 27 anos, que foi preso em flagrante na manhã de ontem. De acordo com a PM, após conseguir fugir do local em que foi deixada, a vítima – um funcionário público estadual de 53 anos –, acionou a polícia e a seguradora do veículo. Por meio do rastreador instalado na caminhonete, a seguradora indicou para a PM o local onde a Ranger estava. Policiais do Serviço Reservado e da Força Tática do 1º Batalhão foram ao endereço informado e descobriram a quem pertencia a oficina. O dono, Rafael, passou várias vezes em frente ao local, mas não entrou. Diante da situação, os policiais o seguiram e o abordaram na Rua Jerusálem, Bairro Santo Amaro, onde ele possui outra oficina. Inicialmente, Rafael Cândido negou qualquer envolvimento no crime. Mas depois, disse que sabia do roubo, mas, que não teve participação direta. Segundo a PM, o torneiro mecânico declarou ainda que a camionete ficaria no prédio dele até ser levada para Bolívia. De acordo com a PM, o desmanche fica na Avenida Manoel Ferreira e populares relataram que no local há grande movimento de carros e pessoas, principalmente à noite. Na oficina foram encontradas diversas peças de veículos automotores, peças e até um talão de cheques roubado. A lém do f l agra nte de ontem, Rafael Cândido responde pelo crime de adulteração de sinal identificador de veículo automotor, desde março de 2006. Assalto O roubo da caminhonete aconteceu por volta das 20 horas, na Rua Euclides da Cunha, no estacionamento do Hospital da Criança. De acordo com relatado pelo funcionário público à polícia, ele aguardava a esposa e a sobrinha, quando foi abordado por dois homens com armas de fogo. Os assa ltantes obrigaram a vítima a dirigir o veículo por algumas quadras e depois um deles assumiu a direção e seguiu sentido à saída para Aquidauana. O homem teve que ficar no banco traseiro, com a cabeça abaixada. A vítima foi então deixada na estrada próxima à Pedreira São Luiz e foi a pé até a Embrapa, onde pediu ajuda.

Leia Também