Domingo, 19 de Novembro de 2017

Polícia apreende quase 4 mil pares de tênis

24 MAI 2010Por 07h:23
DANIELLA ARRUDA
KARINE CORTEZ

Policiais rodoviários federais apreenderam, às 2 horas de ontem, na BR-262, próximo a Terenos, aproximadamente quatro mil pares de tênis sem nota fiscal, que eram transportados em duas carretas com placas do Paraná. Os motoristas dos dois veículos, que carregaram a mercadoria em Corumbá e receberiam R$ 12 mil para fazer a entrega em Divinópolis (MG), foram presos e encaminhados para a Polícia Federal em Campo Grande. Ainda ontem, o dono da carga também foi detido.

A apreensão aconteceu após a passagem de uma das carretas por barreira policial. O primeiro veículo, marca Volvo de cor branca e placas de Tarumã (PA), trafegava no sentido Corumbá-Campo Grande e passou pela barreira com o eixo erguido, porém utilizando marcha pesada, o que despertou a suspeita dos policiais.

O motorista, identificado como R. S., de 37 anos, recebeu ordem para parar e durante a abordagem mostrou-se bastante nervoso. Ele confessou que levava o carregamento de tênis, junto com outra carreta que vinha atrás. O homem estava acompanhado da esposa, de 30 anos, que não sabia da natureza da carga. A segunda carreta — também da marca Volvo, cor verde e placas de Assis (SP) —, dirigida por A. F. N., de 31 anos, foi interceptada em seguida.

Em depoimento aos policiais, os motoristas informaram que são de Assis (SP) e trabalham com frete. O condutor da carreta branca tinha ido a Corumbá com o veículo vazio, para carregar minério, enquanto seu colega foi à cidade para entregar uma carga de correntes de trator. Eles disseram que estavam em um posto de combustíveis na entrada da cidade, no sábado, quando foram abordados por um homem identificado apenas como Magno, oferecendo o serviço. Os carreteiros aceitaram e receberam R$ 1 mil inicialmente, com a promessa de ganho de mais R$ 5 mil, para cada, no ato da entrega. Ainda conforme os motoristas, o dono da carga, que seria  Magno, combinou de encontrá-los em Divinópolis.

Os motoristas foram detidos e indiciados por contrabando. Com eles foram encontrados R$ 9 mil, além de notas dos fretes realizados antes. O dinheiro foi apreendido e terá a origem checada pela Polícia Federal. De acordo com a PRF, parte da carga de tênis é falsificada e outra, original.

Prisão
Por volta das 13 horas, o serviço de investigação da PRF conseguiu prender o dono da mercadoria. Ele estava em um veículo Jetta, com placas de São Paulo, e foi detido na BR-262, nas proximidades de Aquidauana. Ele foi identificado como Magno Henrique Lucas, 25 anos, e falou que pagou R$ 50 mil pelas cargas. Após pagar fiança, Magno foi liberado ainda na tarde de ontem.

Leia Também