Domingo, 19 de Novembro de 2017

Plantações de coca causam dano ambiental na Amazônia colombiana

31 MAI 2009Por 12h:54
     

Da redação

 

Se no Brasil a floresta tropical é ameaçada pela exploração madeireira, expansão da agropecuária e garimpos irregulares, na Colômbia o plantio de coca é um complicador a mais para a conservação de sua porção amazônica, que corresponde a 42% do território do país.

 

A coca, que há séculos faz parte da cultura dos povos indígenas na região, passou a ser produzida ali com fins ?comerciais?, ou seja, para virar matéria-prima para cocaína, principalmente a partir dos anos 90, segundo explica o pesquisador Carlos Ariel Salazar, do Instituto Amazônico de Pesquisas Científicas (Sinchi, sigla em espanhol).

 

Antes, os grandes cartéis, como o de Pablo Escobar, usavam a região apenas para manter laboratórios de refino escondidos no meio da selva, enquanto áreas não amazônicas concentravam as plantações (ainda hoje elas têm a maior parte delas).  

 

 

Com informações do Globo Amazônia

Leia Também