Sexta, 24 de Novembro de 2017

Plano safra será antecipado e terá juros menores, dis ministro

25 DEZ 2009Por 19h:30
     Da redação
        O governo federal quer antecipar o Plano Agrícola e Pecuário 2010/2011 para maio - os dois últimos planos foram lançados no final de junho e no início de julho - e dar melhores condições de juros e seguro aos produtores. A intenção do governo é a de evitar prejuízos aos produtores rurais, que muitas vezes só conseguem financiamentos com atraso e têm um custo maior de produção, disse o ministro da Agricultura Reinhold Stephanes.
         Devemos criar políticas de incentivo para alguns programas em função dos compromissos que assumidos para diminuir a emissão dos gases de efeito estufa, disse Agência Brasil. Segundo ele, o governo deve diminuir as taxas de juros e reduzir o prêmio de seguro para quem adotar tecnologias mais sustentáveis, como o plantio direto na palha, além de avançar em políticas de incentivo a plantação de lavouras que sejam compatíveis com a atividade dos pecuaristas e a recuperação de pastagens.
         O ministro disse que o programa de recuperação de pastagens, lançado no ano passado, que ofereceu cerca de R$ 1 bilhão em crédito, teve pouca procura. Estamos analisando se foi por excesso de burocracia do órgão financiador ou se o incentivo não é suficiente, e até fevereiro saberemos o que aconteceu e o que precisamos fazer.(da redação)

Leia Também