Quinta, 23 de Novembro de 2017

Plano de saúde deve incluir companheiro gay, determina Justiça

13 JAN 2010Por 20h:00
     

                        A empresa Omnit Serviços de Saúde Ltda terá que incluir nos planos de saúde que comercializa os nomes dos companheiros homossexuais dependentes do titular. A empresa tem o prazo de 60 dias para cumprir a determinação da Justiça Federal. Na decisão, a juíza da 20ª Vara Federal de São Paulo, Ritinha Stevenson, também determinou que a Agência Nacional de Saúde (ANS) fiscalize o plano para que a liminar seja cumprida no prazo estipulado.

                        Com informações do Estadão
                        
                        
                        

Leia Também