Sábado, 18 de Novembro de 2017

Plano B de André Puccinelli é lançar Nelsinho e Simone para o Senado

30 MAR 2009Por 23h:23
     

ADILSON TRINDADE

 

O lançamento das candidaturas do prefeito Nelsinho Trad, de Campo Grande, e de Simone Tebet, de Três Lagoas, para o Senado da República nas próximas eleições é o Plano B do governador André Puccinelli (PMDB), diante da tendência quase irreversível de o Partido dos Trabalhadores ter candidatura própria ao Governo, em 2010. A informação partiu de fontes do próprio PMDB assegurando que, nessa hipótese, estariam descartadas as candidaturas do senador Valter Pereira e do deputado federal Waldemir Moka, ambos peemedebistas e que não teriam apoio do chefe do Executivo estadual, caso insistissem em afrontar a decisão.

 

André Puccinelli teme o lançamento de uma candidatura do PT ao Governo do Estado, com a união do ex-governador José Orcírio dos Santos e do senador Delcídio Amaral, que já estariam acertando uma frente de oposição que incluiria o PDT e outros partidos que fizeram parte da coligação que levaram o governador ao cargo. A visita do presidente nacional petista, Ricardo Berzoini a Campo Grande, incentivando a candidatura própria de seu partido, foi um balde de água gelada entre os chamados andrezistas, que não escondem o temor diante de um provável confronto.

Leia Também