Quarta, 22 de Novembro de 2017

Planalto tenta minimizar ataques de Jarbas

16 FEV 2009Por 23h:00
     

Brasília

 

Assessores do presidente Luiz Inácio Lula da Silva tentaram minimizar as declarações do senador Jarbas Vasconcelos (PMDB-PE) de que o Governo compactua com a corrupção, alegando que foi uma forma de protesto de quem perdeu espaço no partido e está sem voz e voto no próprio Estado, onde existem novas lideranças.

Entre esses novos líderes estariam o governador Eduardo Campos (PSB), ex-ministro de Lula e forte aliado do presidente, e o ministro das Relações Institucionais, José Múcio Monteiro. Apesar de o Governo ter decidido não responder oficialmente às críticas, não está descartada a hipótese de o presidente atacar Jarbas e a oposição de forma indireta.

 

Fonte: Agência Estado

Leia Também