Domingo, 19 de Novembro de 2017

Placas e até orelhões dificultam a vida de pedestres

25 JAN 2009Por 21h:30
     

        Da redação

        A polêmica sobre a acessibilidade dos pedestres às calçadas públicas de Campo Grande entrou na pauta de discussão de vários setores da sociedade depois da determinação da prefeitura da Capital, que delimitou o espaço de mesas e cadeiras colocadas por bares, restaurantes e similares. Agora, instituições como o Crea querem ampliar o debate e voltar os olhos para outros entraves que atrapalham o trânsito de pessoas nas calçadas, principalmente as portadoras de necessidades especiais. Placas de publicidade irregulares e até mesmo a disposição de alguns mobiliários urbanos, como orelhões, atrapalham a vida de pedestres.

Leia Também