Terça, 21 de Novembro de 2017

PF prende suposta quadrilha de cônsul espanhol em SC

4 JUN 2008Por 10h:49
     

 

A Polícia Federal cumpriu nesta quarta-feira 19 mandados de prisão contra suspeitos de integrar uma organização criminosa na cidade de Joinville (SC), cujo chefe seria o cônsul honorário da Espanha na cidade de Santa Catarina, Antônio Escorza Antoñanzas. O grupo é suspeito de vender e alugar produtos contrabandeados utilizados em máquinas caça-níqueis.

A Operação Cartada Final também cumpriu 48 mandados de busca e apreensão. Pelo menos 96 bens móveis foram seqüestrados e duas lanchas foram apreendidas, assim como diversos veículos. Também foram bloqueados os valores de 33 contas bancárias nos Estados de Santa Catarina, Bahia, Pernambuco e Rio Grande do Norte. Na Bahia, foram cumpridos oito mandados de busca e apreensão em Salvador e um na cidade de Lauro de Freitas.

Segundo a PF, entre os crimes praticados pelo grupo estão comercialização de produto contrabandeado, evasão de divisas, sonegação fiscal, falsidade ideológica, corrupção ativa, indução do Banco Central a erro e lavagem de dinheiro.

 

Com informações do site Terra

Leia Também