Quinta, 23 de Novembro de 2017

PF prende prefeito eleito e 12 pessoas no RS

18 NOV 2008Por 17h:30
     A Polícia Federal prendeu na manhã de hoje o prefeito eleito de Relvado (RS), Jatir Radaelli (PMDB), e mais 12 pessoas, durante duas operações contra fraudes na Previdência Social no Estado gaúcho, ambas lideradas por servidores do próprio órgão federal. As ações, batizadas de Chacrinha e Sonho Encantado, foram realizadas em Porto Alegre e no Vale do Taquari.

        

        Na Operação Chacrinha, o principal acusado, um coronel reformado da Brigada Militar, teve 28 anos de contribuição inexistente registrados no Instituto Nacional de Previdência Social (INSS), que renderia uma aposentadoria mensal fraudulenta de R$ 3.038,99. A PF efetuou mandados de prisão temporária e preventiva e 11 mandados de busca e apreensão em Porto Alegre e Viamão, na região metropolitana da capital gaúcha. O prejuízo, conforme a PF, seria de R$ 330 mil, nos cinco meses da investigação. O total pode atingir R$ 7 milhões.

        Com informações do Estadão

         

Leia Também