Segunda, 20 de Novembro de 2017

PF prende filho da governadora do RN durante operação

13 JUN 2008Por 09h:55
     

 

 

Treze pessoas foram presas pela Polícia Federal nesta manhã, na Operação Hígia, contra suspeitos de fraude em licitações no Rio Grande do Norte. Entre os presos estão o filho da governadora do Rio Grande do Norte, Wilma de Faria, o empresário Lauro Maia; a diretora financeira da Secretaria Estadual de Saúde, Maria Eleonora Castim, mulher do secretario Estadual de Segurança e Defesa Social, Carlos Castim; e a procuradora do Estado Rosa Maria de Apresentação Figueiredo Caldas Câmara.

Doze pessoas foram presas em Natal e uma em João Pessoa, na Paraíba, onde também foram cumpridos dois mandados de busca e apreensão. No total, 42 apreensões foram cumpridas. Cerca de 190 policiais federais participaram da ação nos dois Estados.

 

A quadrilha investigada pela PF seria responsável por desvios de verba pública, por meio de fraude a licitações relacionadas a contratos de higienização hospitalar e locação de mão-de-obra. Os convênios estariam relacionados aos serviços do Sistema Móvel de Atendimento de Urgência (Samu) e Farmácia Popular, da Secretaria Estadual de Saúde.

Segundo a PF, o grupo desviava verbas por meio de contratos mantidos pelas empresas investigadas com o poder público. Os contratos eram feitos mediante o pagamento de propina a servidores públicos, conforme as investigações.

 

Com informações do site Terra

Leia Também