Terça, 21 de Novembro de 2017

PF prende executivos da Agrenco por desvio de recursos

20 JUN 2008Por 14h:40
     A Polícia Federal prendeu hoje dois funcionários da Agrenco acusados de desvio de recursos da empresa, segundo informações do superintendente da Polícia Federal (PF) em Santa Catarina, Marcos Moura. A ação da PF faz parte da Operação Influenza, deflagrada hoje em São Paulo e Santa Catarina. De acordo com Moura, Antonio Augusto Pires Junior e Antonio Iafelice foram presos sob a acusação de terem maquiado balanços financeiros da companhia, a fim de esconder desvios de recursos em benefício próprio.

                

                De acordo com informações da página da Agrenco na internet, Iafelice é diretor-presidente da empresa e Pires Junior é diretor de operações. Além dos executivos, outras 22 pessoas foram detidas por envolvimento na operação, incluindo o delegado do município de Itajaí, Jackson Aluir Corbari.

                Com informações do Estadão

Leia Também