Sábado, 25 de Novembro de 2017

PF investiga venda de atestados médicos em prisões de Minas

30 NOV 2009Por 15h:00
     

        A Polícia Federal de Uberlândia (MG) realiza nesta segunda-feira uma operação para cumprir mandados contra suspeitos de envolvimento em esquema de venda de atestados médicos falsos para beneficiar presos. Até as 11h20 de hoje, ao menos um médico tinha sido detido.

        Segundo informações da PF, médicos, funcionários e detentos faziam parte do esquema que fornecia atestados falsos aos presos. O documento era encaminhado para juízes e autoridades prisionais para conseguir benefícios, ou até a soltura. A assessoria da Polícia Federal não soube informar quantos presos foram beneficiados pela quadrilha.

        Com informações da Folha Online

         

Leia Também