Sábado, 18 de Novembro de 2017

PF investiga comércio ilegal de peças arqueológicas pela internet

28 MAI 2008Por 12h:08
     

A Polícia Federal (PF) investiga o comércio ilegal, pela internet, de peças arqueológicas encontradas em Pernambuco. São moedas, fragmentos de louças portuguesas, tijolos holandeses e balas de canhão do século 17.

Para oferecer as peças, o vendedor usou no site fotos do catálogo do Laboratório de Arqueologia da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), para ilustrar as peças que seriam vendidas.

O site de compras já retirou do ar o material arqueológico e o nome da pessoa que oferecia as peças, "Numismata 3000". A PF vai rastear o site para saber quem é a pessoa que colocou as peças para a venda

 

Com informações do site G1

Leia Também