Segunda, 20 de Novembro de 2017

PF indicia 73 por fraudes em prefeituras

30 JUL 2009Por 22h:55
     

        Da redação

         

A Polícia Federal de Dourados concluiu hoje os inquéritos das operações Owari e Brothers, que decretaram o fim de duas organizações acusadas de praticar crimes de formação de quadrilha, agiotagem, exercício ilegal de atividade financeira, fraude em licitações e corrupção. Ao todo, foram 73 pessoas indiciadas entre políticos, empresários e servidores públicos. O delegado Bráulio César Galoni, que presidiu a investigação, deve encaminhar esses inquéritos amanhã para o Ministério Público Estadual (MPE).

        Entre os agentes públicos, o maior número de acusados é de Dourados. Só de funcionários da prefeitura local, incluindo assessores e secretários municipais, nove foram presos no dia da operação. Além destes, três vereadores, incluindo o presidente do Legislativo Municipal. Mas a PF prendeu também, políticos de Ponta Porã e Naviraí. O comando da maior organização tem como acusados o empresário douradense Sizuo Uemura e integrantes da família e do grupo de empresas de sua propriedade. Outra organização era comandada pelos também empresários, Eduarte e Everaldo Dias Leite.

Leia Também